Estamos no Facebook: clica em GOSTO e junta-te a nós

20/09/2011 Cidadão da Gafanha dá a voz e identidade contra as descargas efectuadas na área portuária

 
João Martinho, morador na Avenida José Estêvão, na Gafanha da Nazaré, que se queixou das condições em que são feitas as descargas de material dos navios, no Porto de Aveiro, entrevistado na Rádio Terra Nova esta tarde, disse que "a situação repete-se várias vezes por mês, as últimas foram, ao que parece, pó de madeira e eles não tem qualquer tipo de cuidado com as descargas, que fazem uma nuvem imensa à volta do navio, (na foto) e o pó vem para as nossas propriedades e para dentro das casas dos moradores", adiantando que na última "descarga" fez um teste, "apanhei na varanda do meu apartamento, que é pequena, meio-quilo de pó bem pesado e isto é constrangedor porque não é só a questão da sujidade é também a questão do ar que se torna irrespirável", disse, sublinhando que não compreende "como é que os responsáveis da descarga deixam sair para a atmosfera tanta quantidade de resíduos, sendo isso uma perda para quem paga o produto descarregado".
João Martinho diz ainda que "a sofrer com esta situação grave está uma população de milhares de pessoas que moram nesta área da Gafanha e os agricultores queixam-se de um pó branco que lhes detroi o cultivo", adiantou.

Fonte: Terra Nova

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores