Estamos no Facebook: clica em GOSTO e junta-te a nós

20/09/2011 Luís Cacho reage às queixas dos populares relacionadas com poluição atmosférica e sujidade provocada por descargas na área portuária

 
José Luís Cacho, Presidente do Conselho de Administração do Porto de Aveiro, já reagiu, em declarações à Rádio Terra Nova, às queixas dos moradores, alusivas às condições em que são feitas as descargas dos navios. Ontem, dia de vento forte, "as poeiras voltaram a andar pelo ar".
José Luís Cacho diz ter lido a carta com atenção. Promete averiguar as condições em que foram feitas cargas e descargas. "Estamos a avaliar a situação, a carta refere-se a um navio, penso, que descarregou serrim de madeira, e depois da avaliação tomaremos as medidas adequadas, se for necessário tomar algum tipo de medidas, agora, a Administração do Porto de Aveiro tem feito um esforço grande para melhorar os equipamentos e procedimentos de descarga e de limpeza, tudo, para minimizar estas situações", sublinhando que "estamos a avaliar o problema para minimizar estas situações que, nesta altura do ano, com ventos fortes, propiciam este tipo de situação".
José Luís Cacho referiu também que "as pessoas que estão a trabalhar no cais, penso que procuram evitar que estas situações aconteçam, usando os procedimentos correctos para evitar estes problemas, mas, recordo que estas operações são efectuadas por empresas privadas e por vezes os equipamentos, que custam muito dinheiro, podem não estar nas devidas condições", naturalmente "existe uma articulação entre a APA e essas empresas, para fazermos uma avaliação séria do problema verificado", referiu José Luís Cacho.
A resposta da Administração do Porto de Aveiro a uma carta aberta enviada por um cidadão da Gafanha da Nazaré a entidades públicas e privadas sobre a política ambiental na zona portuária.

Fonte: Terra Nova

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores