Estamos no Facebook: clica em GOSTO e junta-te a nós

02/12/2011 Associação de Surf distinguiu atletas campeões


João Velhinho, no escalão sub-16 de bodyboard; André Matias, na classe sub-18; Hugo Vieira na classe open; Sara Sóla no open feminino; Bruno Monteiro em Long Board; Rita Solá em surf sub-16 e sub-18; Rita Henriques no open feminino de surf; Pedro Ferreira na classe open surf; Miguel Rosas em sub-18 e sub-16 e Luís Pita em sub-14 foram os atletas distinguidos na cerimónia de entrega dos títulos de Campeões Regionais 2011 nos 23 anos da Associação de Surf de Aveiro.
Ainda durante a cerimónia foram entregues os troféus de Mérito Desportivo ao atletas da Associação de Surf de Aveiro com destaques para Pedro Ferreira (Campeão da Europa de Surf 2001 pela selecção nacional); Pedro Velhinho (Vencedor da Taça de Portugal em Kneeboard) e Luís Rosas (Vencedor da Taça de Portugal em Longboard).
Foto: André Neto

Fonte: Terra Nova

02/12/2011 Autarquia assina contrato-promessa com investidor para São Jacinto. Oposição pede cautelas


A Câmara de Aveiro vai assinar um contrato-promessa com um promotor imobiliário que pretende instalar nos antigos estaleiros de S. Jacinto um complexo turístico vocacionado para a área da saúde e terceira idade. Os investidores oferecem quase 2 milhões de euros por uma parcela de 24 mil metros quadrados propriedade municipal. Mas ainda estão a negociar as restantes, actualmente nas mãos do BCP. A proposta passou com o voto de qualidade do presidente e muitos reparos da oposição.
A empresa Portanice Investimentos Imobiliários, à qual estará ligado um investidor tunisino, não faz por menos. Prevê investir 65 milhões euros, o mesmo que custo o estádio municipal de Aveiro, e criar 400 postos de trabalho. Projectos idênticos terão sido apresentados em outras localidades, pelo mesmo promotores, mas ainda não viram a luz do dia. O que levou a vereadora Ana Vitória Neves a pediu cautelas. “Dado aquilo que está espelhado na internet. Pode ser infundado, não quer dizer que não seja um investidor válido mas é preciso acautelar”, avisou a vereadora.

02/12/2011 Torneio de Minis em homenagem póstuma do GD Gafanha a Ilídio Cunha


A Secção de Basquetebol do Grupo Desportivo da Gafanha homenageou Ilídio Cunha, a título póstumo, com a realização do 4.º Convívio - 1.º Memorial "Ilídio Cunha" de Minis 12 Mistos, numa actividade que decorreu pelo quarto ano consecutivo no Pavilhão Desportivo da Gafanha da Nazaré. O antigo dirigente faleceu em Abril e foi um dos dinamizadores do basquetebol na cidade da Gafanha da Nazaré.
Além das equipas de Mini 12 do Gafanha, estiveram presentes as equipas do Illiabum Clube, Colégio Calvão, Salesianos do Porto e Coimbrões. A homenagem contou, ainda, com o 4.º Convívio - 1.º Memorial "Ilídio Cunha" de Minis 8 Mistos, numa actividade que decorreu no Pavilhão Desportivo da Gafanha da Nazaré com a participação do Gafanha, Illiabum, Leça, Salesianos do Porto e Coimbrões.

Fonte: Terra Nova

Neste Natal adopte um amigo que não o abandona!

01/12/2011 Gafanha e Colégio Calvão em dérbi na 1ª eliminatória da Taça de basket feminino


O Gafanha defronta o Colégio Calvão, da 1ª Divisão Nacional, na 1ª eliminatória da Taça de Portugal em basquetebol. A partida está marcada para as 18h30 no pavilhão gimnodesportivo da Gafanha da Nazaré. O Esgueira recebe o Santarém Basket e o Clube dos Galitos desloca-se ao pavilhão da Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense.

Fonte: Terra Nova

30/11/2011 Apreensão de 32 toneladas de bacalhau na Gafanha da Nazaré

 
A ASAE procedeu à apreensão de quase 32 toneladas de migas de bacalhau na Gafanha da Nazaré, no passado dia 21 de Novembro.
Na sequência da operação de controlo, foi instaurado um processo-crime pelo crime de fraude de mercadorias e falsificação de documentos. "Foram apreendidos 31.940 kg de migas de suposto bacalhau no valor de 114.632,66 euros", adianta nota da ASAE.
No dia 17 deste mês, tinha já sido dada ordem suspensão de um entreposto de géneros alimentícios em Ílhavo "por falta de registo veterinário e titulo de abertura inválido".

Fonte: Terra Nova

30/11/2011 Presidente do INAG e Ribau Esteves visitam obras de reforço do cordão dunar na Barra

 
No seguimento das ocorrências do final do mês de Outubro 2011 com uma ação de erosão provocada pelo Mar junto ao Apoio de Praia Completo Off-Shore (na Praia da Barra), colocando em risco a sua estabilidade, "foram desenvolvidas múltiplas diligências, tendo resultado da cooperação institucional entre a Câmara Municipal de Ílhavo, o INAG, a ARHCentro, a APA, a Capitania do Porto de Aveiro e o Secretário de Estado do Ambiente e Ordenamento do Território, as obras de reforço do cordão dunar que estão a ser executadas pelo INAG na zona em causa, visando a sua estabilização e a defesa do referido APC", pode ler-se num comunicado de imprensa.
As obras foram hoje alvo de uma visita do Presidente do INAG e do Presidente da Autarquia, "confirmando-se a perspetiva da sua execução decorrer até ao final da próxima semana, e reiterando-se a chamada de atenção de todos os utilizadores desta zona da Praia da Barra para a movimentação das máquinas que estão a executar os trabalhos em causa, e que se movimentam entre a “Praia Velha” (a norte do Molhe Sul) e o primeiro esporão a sul do Molhe Sul".

Fonte: Terra Nova

29/11/2011 Câmara de Ílhavo atenta ao processo erosivo do litoral anuncia intervenção na orla costeira

 
Os projectos de obras de defesa da orla costeira no litoral ilhavense começarão "dentro de poucos dias" no areal da Praia da Barra. Garantia deixada por Ribau Esteves na última reunião da Assembleia Municipal de Ílhavo.
Os trabalhos vão começar na área do Molhe Sul. "A intervenção na Barra é muito idêntica à que foi feita há dois anos, com a ripagem de areia na zona do Molhe Sul e a recolocação na zona do Offshore", sublinhando que a Câmara de Ílhavo "espera que esta operação do INAG possa servir para que o processo erosivo, este inverno, não cause dano, mas se causar, teremos de ter uma intervenção de urgência no local", garantiu Ribau Esteves.
Para o líder autarquico ilhavense, "é necessária uma outra intervenção" que começará agregada à obra de prolongamento do Molhe Norte com a construção de um esporão entre a Barra e a Costa Nova para evitar a erosão rápida do litoral.
"Tem de haver uma intervenção que está apontada para dois momentos, o primeiro agregado à obra de construção de prolongamento do Molhe Norte para tapar o canal que acrescenta força à corrente Sul-Norte, por deposição de pedra e areia, mudando o inicialmente previsto que passava por depositar tudo a sul da Costa Nova apesar de não termos nenhum problema na Costa Nova porque toda a estrutura de defesa montada há mais de vinte anos está a funcionar muito bem, mas, temos um problema novo e a segunda operação, que carece de estudos que estão a ser desenvolvidos na Faculdade de Engenharia do Porto, e que resulta da necessidade da construção de um esporão entre o Molhe Sul e o primeiro esporão da Costa Nova", revelou Ribau Esteves.

Fonte: Terra Nova

29/11/2011 Possibilidade de desmantelamento para "sucata" de uma corveta da Marinha causa preocupação em São Jacinto

 
As corvetas "Honório Barreto" e "Augusto Castilho" da classe João Coutinho, sabe a Terra Nova, poderão ser desmanteladas em Aveiro, nas instalações dos antigos Estaleiros de São Jacinto.
Pelo menos um Navio já está no Porto de Aveiro.
Os navios foram comprados, para sucata, pela RAPLUS, uma empresa de que é sócio Manuel Godinho, principal arguido do processo "Face Oculta". As duas corvetas da Marinha foram adquiridas por 1,6 milhões de euros para serem desmanteladas.
Coelho Gil, Comandante da Capitania do Porto de Aveiro, disse esta tarde, contactado pela redacção Terra Nova, que os trabalhos de desmantelamento decorrerão, "muito provavelmente" em Aveiro, mas que "ainda não chegou nenhum pedido de autorização" para se efectuarem os trabalhos.
Rui Vaz, Presidente da Junta de Freguesia da São Jacinto também demonstrou, contactado pela RTN, hoje, "alguma preocupação" com a possibilidade dos trabalhos de desmantelamento se efectuarem na sua Freguesia, referindo estar "com alguma expectativa" sobre a decisão, "para tomar uma posição pública".
Há alguns anos o Navio russo "Verkovina" foi desmantelado nos Estaleiros de São Jacinto e causou "problemas ambientais sérios" na Ria de Aveiro. O navio russo provocou, na ocasião, "derrames consideráveis" de combustível na ria.
Foto: Roda do Leme

Fonte: Terra Nova

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores