Estamos no Facebook: clica em GOSTO e junta-te a nós

29/06/2012 Ministro da Economia visita Navalria. Estaleiros não pararam laboração e Alvaro Santos Pereira elogiou a decisão

O Ministro da Economia e Emprego esteve esta tarde de visita aos estaleiros da Navalria, onde estão a ser construídos dois navios-hotel para a empresa Douro Azul.
Álvaro Santos Pereira foi acompanhado na visita pelo Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, Carlos Oliveira. Foram recebidos pelos Presidentes da Navalria e Douro Azul, Carlos Martins e Mário Ferreira, respectivamente.
Mário Ferreira, o dono da Douro Azul, começou por pedir desculpa pelo "som de fundo" vindo do estaleiro, "fervilhante" para cumprir prazos. "Não nos podemos dar ao luxo de perder esta tarde, isto não foi encenado nem pensado, estamos com as horas contadas, cada hora dos trezentos e tal homens que aqui trabalham tem um valor muito especial, peço desculpa pelo barulho mas é mesmo necessário", disse.
Os dois navios-hotel, em construção na Navalria, vão custar 22 milhões de euros e já têm viagens compradas para os passeios no Douro durante cinco anos. "Necessitamos destes dois que estão aqui a ser construídos para entrarem no activo em 2013, estão vendidos por cinco anos, os outros dois que vamos encomendar já estão vendidos por quatro anos para o mercado estrangeiro, quero dizer que os clientes que vão viajar nestes dois navios, já pagaram a passagem e não aceitam reembolsos, daí a barulheira".

A Douro Azul está a negociar mais dois navios do género com a Navalria. O ministro da Economia não se incomodou com o ruído de máquinas e soldadores. "Acho que este barulho é um óptimo sinal e é o pulsar da economia portuguesa".
Álvaro Santos Pereira destacou a importância do turismo para a actividade económica a que o Governo quer dar um novo impulso. "O ano passado e apesar de todas as incertezas económicas, o turismo português atraiu 14 milhões de hospedes que representaram mais de 39 milhões de dormidas, no total foram mais de oito mil milhões de euros em receitas turísticas que ajudaram a economia numa altura muito delicada".
Ainda com algum nervoso pelo episódio da Covilhã, esta tarde, em que um sindicalista abalroou a viatura oficial, o Ministro escusou-se a prestar declarações aos jornalistas.
Relativamente aos navios em construção, o Queen Isabel e o Amavida, são as embarcações em construção nos estaleiros. Construção orçada em 22 milhões de euros. Deverão estar concluídos e iniciar a sua actividade no primeiro trimestre de 2013.

Fonte: Terra Nova

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores