Estamos no Facebook: clica em GOSTO e junta-te a nós

31/07/2012 Ribau Esteves confia na manutenção de uma turma de 1º ano na Escola Básica da Gafanha do Carmo

A Câmara de Ílhavo afirma-se segura da manutenção da turma de 1º ano na escola básica da Gafanha do Carmo mesmo com um mínimo de 10 alunos. Ribau Esteves salienta que compreende a agitação social motivada pelo possível encerramento da turma e a transferência de alunos para a Gafanha da Encarnação mas diz que esse cenário não se irá confirmar.
“Estas coisas não se resolvem na praça pública, resolvem-se no trabalho dos gestores. Posso garantir que, neste caso, o gestor do Ministério da Educação, com o acompanhamento da Câmara Municipal, está empenhado em que esta turma, que deveria ter 16 alunos para poder existir, possa fazê-lo com 10, a título muito excecional, para que essas crianças trabalhem na escola do Carmo. Esperamos conseguir incentivar a população residente da Gafanha do Carmo a colocar as suas crianças no Jardim de Infância e na escola do Carmo, porque tem excelentes profissionais e, obviamente, para que possamos ter a garantia que há sustentabilidade para o Jardim de Infância e para a Escola, neste ano e nos próximos".
O autarca de Ílhavo repete uma frase que fez escola na política local ao salientar os efeitos negativos da baixa natalidade.
"O que é preciso na Gafanha do Carmo é fazer meninos, é que haja mais crianças. Se não for este ano, e esperemos que não seja, no próximo ano ou daqui a dois anos vai ser inevitável perdermos turmas, porque as escolas fazem-se com crianças. Nós temos um problema já há vários anos, mas que se vem agravando, de quantidade de crianças. Este ano o número de crianças que vão entrar para o 1º ano é muito pequeno, são apenas 10. É muito importante que todos percebamos que nós queremos continuar a ter uma escola na Gafanha do Carmo, não com 3 turmas, mas sim com 4, uma por cada ano escolar. Para isso acontecer é necessário crianças. É preciso que as famílias da Gafanha do Carmo apostem nas crianças e, aquelas que têm crianças, que as coloquem a trabalhar no Jardim de Infância e na Escola da Gafanha do Carmo. Esse é o trabalho mais importante porque, quer o Agrupamento quer a Direção Regional de Educação têm a intenção de manter no Carmo as crianças do Carmo mas, de facto, o grupo tem que ser maior".
Fonte: Terra Nova

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores