Estamos no Facebook: clica em GOSTO e junta-te a nós

19/09/2012 Gafanha da Nazaré: “Acredito que nenhum projecto social cairá” - Hugo Coelho

É um sinal de preocupação assumido. O presidente da Fundação Prior Sardo admite que só o trabalho colectivo, entre instituições do Municípios de Ílhavo, pode ajudar a superar este momento de crise conferindo respostas sociais. Mesmo as instituições habituadas a ajudar estão, agora, mais fragilizadas. O dirigente associativo acredita que o apoio entre instituições vai evitar que algumas possam ficar com a existência em risco. “Por vezes podem não dar a imagem que estão a atravessar dificuldades porque isso também seria penoso para as pessoas que se dirigem e dependem da ajuda da instituição. Acredito que nenhuma instituição cairá. Eventualmente, neste período, estamos numa altura em que a matéria da acção social, de apoio ao próximo, deveria ser repensada”. Hugo Coelho diz que a área social merece atenção especial por parte do Governo e dos poderes públicos. Explica que os problemas são comuns a todas as instituições. “Acho que, neste momento, não deveria ser na acção social que deveriam estar os cortes. É aí, em que há mais dificuldade, que deve haver mais cuidado. Independente do meio de intervenção esta área tem que ser repensada sob pena de as necessidades dispararem. Quem faz cobertura são as IPSS e elas passam momentos complicados. Falo com pessoas de outras instituições e todos nós atravessamos momentos de grande dificuldade e, curiosamente, somos voluntários nas instituições. Assumidos responsabilidade de executar esta missão”. O dirigente elogiou a ação de diferentes instituições que se disponibilizaram para angariar fundos para ajudar a Fundação Prior Sardo. Bússola Partilhada e Rotary Clube de Ílhavo assumem ações de apoio como pedalada e um espectáculo. A entrevista de Hugo Coelho ao programa “Conversas” pode ser ouvida às 19h00.
Fonte: Terra Nova

18/09/2012 BE: Mais 90 trabalhadores a caminho do desemprego. Trabalhadores da Manuel Carvalho SA da Gafanha da Nazaré em risco

A empresa Manuel Carvalho SA que conta com cerca de 90 colaboradores/trabalhadores, informou os trabalhadores que não iriam receber o mês de Setembro. A denúncia é feita pelo Bloco de Esquerda (BE). "Durante este mês os trabalhadores têm cumprido o seu horário de trabalho marcando presença na empresa, apesar da mesma não se encontrar em laboração devido à falta de matéria-prima. A vontade de encerramento da empresa é inesperada para os trabalhadores, que sempre consideraram que a empresa teria viabilidade", é referido em comunicado. A empresa tem sede em Matosinhos, fábrica na Gafanha da Nazaré e vários postos de venda e entrepostos. A empresa é a detentora da marca “ULTRAFRIO”.
Fonte: Terra Nova

17/09/2012 Equipas do GD Gafanha derrotadas na apresentação aos sócios pelo FC Porto e Ovarense

A equipa sénior do GD Gafanha (masculinos) (na foto), perdeu hoje com o FC Porto "Dragon Force", (43-91), no jogo de apresentação aos sócios, realizado na Gafanha da Nazaré. A formação gafanhense jogará na CNB2 esta época. Ontem, as séniores femininas do Gafanha, também no jogo de apresentação, foram derrotadas pela Ovarense, (51-75). A equipa da Gafanha jogará na I Divisão Nacional.
Fonte: Terra Nova

17/09/2012 Gafanha da Nazaré: Empresa compra cem mil toneladas de areia depositada no Porto de Aveiro

A empresa Barra Padrão da Gafanha da Nazaré, comprou 100 mil toneladas de areia depositada na área portuária, na Gafanha. Esta quantidade representará apenas um por cento do total de areia depositada mas, para quem comprou, não deixa de ser um risco. Pedro Gomes, da Administração da empresa, diz que os tempos não favorecem a venda de areia "uma vez que as obras públicas e privadas são escassas". "Está muito difícil, o mercado é volátil, a situação financeira do País é muito frágil, somos empreendedores mas, não estou confiante no mercado, vamos ver se é um bom investimento", disse. A hasta pública, por licitação verbal, para a arrematação de um lote de cem mil toneladas de inertes, designado por Lote I, começou às 11h30. O depósito de areias em zona portuária tem merecido contestação devido aos efeitos que produz sempre que há tempo seco e vento que arrasta poeiras para as habitações situadas nas imediações do Porto.
Fonte: Terra Nova

16/09/2012 I Divisão da AFA: GD Gafanha derrotado em Lourosa, (3-0)

O GD Gafanha foi esta tarde derrotado, (3-0) em Lourosa, pelo Lusitânia, em jogo da 2.ª jornada da I Divisão da AFA.
Fonte: Terra Nova

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores